Sabor e história na Confeitaria Colombo

Sempre que vou o Rio de Janeiro com minha família, programamos uma visita ao centro da cidade, onde estão os museus, o Teatro Municipal e tantos outros lugares interessantes (teremos vários posts com dicas ótimas!). Invariavelmente, acabamos o passeio na Confeitaria Colombo. Além de ter um cardápio que é uma tentação, a confeitaria é uma verdadeira viagem no tempo. Não por acaso, foi eleita uma das dez mais bonitas do mundo – ficou em sétimo lugar, na opinião do UCityGuide.com, um dos principais portais de turismo.

A Colombo foi fundada há mais de 100 anos, em 1894, no coração do Rio. O ambiente art nouveau é deslumbrante. Os salões enormes são decorados com espelhos belgas, mármores italianos e mobiliários em jacarandá – é realmente de tirar o fôlego! Em 1922, as instalações foram ampliadas com a construção de um segundo andar, com um salão de chá. E um detalhe em especial chama minha atenção sempre que vou à confeitaria: uma abertura no teto do pavimento térreo permite ver a clarabóia do salão de chá, decorada com belos vitrais.

Além desse ambiente lindo e amplo, a Confeitaria Colombo é super família. Geralmente está cheia de gente (são mais de 3 mil clientes por dia!), mas o atendimento é sempre muito tranquilo e sem estresse. Nós, pelo menos, sempre temos momentos deliciosos por lá. E o cardápio…. é muita tentação, viu, gente! A casa serve desde café da manhã até almoço e café da tarde. E que café! Chá, café, chocolate, leite, geleia, mel, bolos, sucos, waffle, doces divinos, salgados dos mais variados, saladas e sanduíches… demais! Adoro o quindim de camisola (com uma massa folhada) e o bolinho de bacalhau….de dar água na boca!

A confeitaria ficou conhecida também por ter sido ponto de encontro de artistas, políticos e intelectuais como Olavo Bilac, Rui Barbosa, Villa-Lobos, Chiquinha Gonzaga e tantos outros.

Quando forem ao Rio, não deixem de passar por lá. Vale muito a pena!

Uma dica: a Confeitaria não abre aos domingos!!!

 Beijo,

Luciana

Anúncios

Verão de muitas cores e estampas!

Enquanto a temperatura não começa a aumentar por aqui, que tal nos inspirarmos com alguns looks do verão do hemisfério norte? Pelo que estamos vendo nos blogs gringos de street style, a tendência é mesmo que tenhamos por aqui um verão de muitas cores e estampas!

 

 

 

 

 

Depois dessas fotos, a verdade é que não vemos a hora do termômetro subir por aqui! Chega logo, verão!

Um beijo,

Luciana e Maria Roberta

Aposte na calça flare!

Embora o modelo skinny ainda seja o queridinho da maioria das mulheres, a calça flare surge como uma grande aliada das brasileiras – que geralmente têm mais curvas e quadril largo. Isso porque a modelagem mais reta e com barras amplas cumpre a função de alongar e afinar a silhueta. Inspirada nas famosas bocas de sino, hits dos anos 70, a flare é vista principalmente no jeans, mas quando surge em tecidos mais nobres, deixa o look ainda mais interessante. Pura sofisticação! Adoro!

Gente, embora tenha sido incorporada neste inverno e prometa ser sucesso também no verão, a flare costuma gerar muitas dúvidas na hora de compor um look interessante e que valorize nossos pontos fortes, não é mesmo? Por isso, o Immagine Blog separou algumas dicas:

  • As mais baixinhas são favorecidas com o comprimento maior, que alonga a silhueta. Mas para isso, é ideal que a flare seja usada com sapatos de salto alto e que a barra da calça cubra totalmente os sapatos, quase encostando no chão (quase, hein, meninas!). Apostando na combinação de sapatilhas + calça justa na perna e com barra italiana, o efeito é contrário: achata e aumenta o quadril.
  • Outra dica para uma silhueta longilínea é apostar na cintura mais alta. Cuidado: quem tem quadril largo deve optar pela cintura intermediária!
  • Lembrem-se sempre de equilibrar as proporções. Como esse modelo de calça é mais sequinho na altura das coxas, o ideal é apostar em blusas mais soltinhas.
  • Para as mulheres com volume na altura dos quadris e pernas, a dica é optar por calças flare de tecidos fluídos, sem estampas, sem detalhes de bolsos externos e que não sejam tão coladas na altura das coxas. Evite a barra italiana, que também pode achatar a silhueta. A cintura neste caso deve ser intermediária, pois a cintura alta “aumenta” visualmente o quadril.
  • Aproveite para disfarçar o quadril largo, efeito causado graças ao volume que a peça traz na parte de baixo. E ao disfarçar o quadril e alongar a silhueta, naturalmente emagrece! Quem não quer esse efeito???

Quem já se rendeu à Flare?! Eu adoro!

Beijo,

Luciana

Transformando um vestido sério em uma produção estilosa

Todos têm sua melhor versão. É o que sempre falamos por aqui e o que vivenciamos dia a dia no atendimento às nossas clientes. E, menina, deixa eu te contar: até mesmo as roupas têm sua melhor versão! É isso mesmo! Um vestido básico (às vezes até um pouco sem graça) pode, sim, se transformar em uma produção charmosa e cheia de estilo.

Tenho um vestido preto com corte mais sério e quando optei por usá-lo durante uma reunião, decidi dar um toque moderno. Para começar, inclui por baixo uma blusa estampada de manga longa. Como estava friozinho, a blusa era essencial e, ao mesmo tempo, sua estampa era chamativa demais para uma primeira reunião de negócios. Então acrescentei por cima um casaco cinza que adoro e deixei apenas um pedacinho da manga aparecendo, para dar uma graça.

Para marcar a cintura, mais um improviso: esse cinto que estou usando é composto, na verdade, por três trancinhas separas que comprei por metro e resolvi unir. Completando a produção, um colar mais delicado e um mix de pulseiras um pouco mais chamativo. Nos pés, a sapatilha Shoestock conferiu uma cor ao visual e muito conforto. E a bolsa, clássica, arrematou a produção.

Outro bom exemplo: uma cliente nossa tinha o guarda-roupa cheio de vestidos super sérios, pois o ambiente de trabalho dela exigia esse tipo de roupa. Como agora ela mudou de trabalho e não precisa mais seguir esse estilo, decidiu abrir mão de tudo. Mas não é bem assim. As peças eram de qualidade e podiam ser aproveitadas seguindo esse mesmo conceito. Foi o que fizemos. Escolhemos peças com cara mais jovem e atual para compor looks interessantes. Escolhemos cardigans coloridos, cintos, colares … tudo para deixar os vestidos com cara mais atual. Vejam o resultado:

 

Agora é só usar a criatividade e atualizar aquele vestido que anda encostado no seu closet. Se precisar de algumas dicas, conte com a gente!

Um beijo,

Maria Roberta

Dress code profissional – vídeo para o Nube

Recentemente fomos convidadas peloNube (Nucleo Brasileiro de Estágios) para gravar um vídeo com algumas dicas de dress code para o ambiente corporativo. Gravamos na loja Lilla Ka da Alameda Lorena (agradecemos demais o espaço!). As roupas femininas que mostramos na filmagem são da Lilla Ka e as masculinas, da TNG.

 

 

Vejam também o texto sobre dress code que foi publicado no site do Nube, juntamente com o vídeo.

 “Errar no traje: seja na entrevista, em uma comemoração no ambiente de trabalho ou cerimônia, eventos e coquetéis, não há situação mais constrangedora. Para evitar a vontade de ficar invisível no canto da sala ou se atirar embaixo do tapete, a TV Nube fez uma matéria com consultoras de imagem, em uma renomada loja no bairro Jardins, São Paulo. 

O dress code é o código de vestimenta. Pode ser traduzido como as indumentárias adequadas para diferentes ocasiões. Se você está em seu primeiro dia de estágio, ou possui dúvidas de como se vestir em um processo seletivo, Luciana Ulrich, especialista na área, revela: “As mulheres devem apostar em trajes clássicos. Isso inclui tailleurs de cor escura, como preto e azul marinho”. Luciana completa: “brincos de argola são um pecado quando se trata do ambiente de trabalho. Eles devem ser guardados para outra ocasião”.

Já para Roberta Lapetina, também profissional da área, “como os homens possuem menos opções de roupas, comparados ao sexo feminino, acaba sendo mais fácil acertar”. E dá a dica: “invistam em modelos com o tamanho e comprimento certos, ou seja, calças um dedinho acima da sola do sapato e mangas das camisetas dois centímetros acima do punho”.

Se você não sabe a diferença entre “traje social” e “traje social completo”, Lapetina explica: “o complemento é o costume, conhecido como terno, e a gravata, no caso dos meninos”. Já para as garotas, Luciana indica: “pode-se investir em vestidos, saias ou terninhos. Nos primeiros casos, o tamanho deve ser, no mínimo, dois dedos acima do joelho”.

A denominação “passeio”, também chamada de “esporte fino”, pode ser traduzido em blazers para os rapazes, acompanhado de calça social. Para as moças, vestidos, túnicas, pantalonas ou tailleurs.

Dica do Nube: Não use piercings, alargadores ou anéis extravagantes no ambiente corporativo. Deixe-os para momentos mais descontraídos. Para mais dicas, veja nosso vídeo!

Se você já assistiu, veja como está o seu guarda-roupa. Invista em você e em seu sucesso!”

 

Gostaram?! Nós adoramos participar deste vídeo e aproveitamos para agradecer ao Nube pelo convite!

Um beijo,

Luciana e Maria Roberta

Imagem, seu cartão de visita

A imagem pessoal tem o poder de abrir ou fechar muitas portas no universo profissional. Por isso o Immagine Blog convidou Renata Komechen Brecailo, profissional com mais de 10 anos de experiência na área de Recursos Humanos de grandes empresas, para nos dizer até que ponto a imagem é realmente decisiva no ambiente corporativo. Ela é formada pela Universidade Federal do Paraná, com especializações pela FGV, USP e University of Toronto. Mais do que isso, a Renata é uma mulher muito determinada, com muita energia para o trabalho e batalha dia a dia pelo seu sucesso. Ao mesmo tempo, tem um coração maior que tudo, uma alegria única!

Immagine Blog – Qual o impacto da imagem na vida profissional de uma pessoa?

Renata Komechen Brecailo – Eu acredito que a imagem adequada contribui fortemente para a “compra” do conteúdo do profissional. É claro que somente ter uma boa embalagem não serve, o profissional precisa ter consistência para se garantir no mercado de trabalho. Mas se essa consistência está aliada a uma imagem de seriedade e compromisso, com certeza será uma mistura vencedora.

IB – Pela sua vivência, as pessoas têm consciência da importância  da imagem profissional adequada?

RKB – Muito pouco. Conheço pessoas que não conseguem alcançar posições melhores porque não sabem passar uma imagem mais profissional – que inclui adequação e coerência com a cultura da empresa que ela representa ou mesmo da profissão que exerce. E pouca gente tem coragem de fazer comentários a respeito disso, com medo de ser mal interpretado.  Por isso o trabalho do profissional de consultoria de imagem se torna tão importante nesse momento. Esse profissional será o responsável por aliar o estilo pessoal de cada um com a imagem que o profissional precisa passar.

IB – Uma vez contratado, como o colaborador pode se inteirar sobre o dress code da empresa, uma vez que a maioria não tem os códigos de vestimentas formalizados em um manual?

RKB – Claro que o ideal seria que as empresas tivessem dress codes definidos, mas isso ainda é raro de se encontrar. O que sempre recomendo é que olhem para seus superiores na hora de identificar o que é adequado e o que não é.

IB – É possível afirmar que atualmente as empresas investem também na imagem de seus colaboradores? Ou a maioria ainda não dá a devida atenção à imagem?

As empresas que possuem interação direta com clientes são as que mais se preocupam com isso, como companhias aéreas, consultorias, bancos de varejo, etc. Mas as demais ainda não tratam desse assunto com a seriedade devida, o que pode gerar muita confusão e erros por parte dos profissionais. Mas é preciso lembrar que independente do setor em que a empresa atua, o profissional carrega em sua imagem uma mensagem, em todas as ocasiões. Portanto, é um tema que exige muito mais seriedade e atenção do que tem recebido hoje em dia.

IB – Que conselho você daria  sobre imagem (visual e comportamento) para uma pessoa que está começando sua carreira?

RKB – Primeiro, deixe as vestimentas de faculdade de lado. A entrada para o mercado de trabalho implica em ter uma imagem mais adulta, independente de você gostar ou não. Deixe as antigas roupas para os finais de semana e invista em camisas, alfaiataria, sapatos e acessórios atemporais. Assim fica mais difícil errar no início. E aos poucos, com muita observação, você começará a entender o que pode e o que não pode no universo profissional e adaptar essas regras ao seu estilo.

IB – Na sua opinião, quais peças não podem faltar no guarda roupa profissional?

RKB – Um bom costume (mais conhecido como terno), tanto para homens e mulheres. A alfaiataria é sempre uma escolha acertada, além de camisas, cardigans e vestidos no comprimento certo.

 IB – E quais as peças que não devem fazer parte do guarda roupa profissional, independente do grau de formalidade da empresa?

RKB – Tudo o que é muito chamativo deve ficar de fora do guarda-roupa profissional. Brincos grandes, acessórios com muito brilho, peças com apelo muito sensual. E um cuidado especial com comprimentos e decotes: por mais linda que seja a peça, ela pode ser mal vista em um escritório. Você não precisa jogar fora, apenas deixe para usar depois das seis!

E então, meninas, gostaram!?

Nós adoramos a participação da Renata aqui no Immagine Blog! Super obrigada pela disponibilidade, viu?!

Um beijo,

Luciana e Maria Roberta

Dica: Receita de Bolo de Maçã

Nas férias, a casa costuma fica movimentada, o que eu adoro!!! É época de muitos lanches e cafés da manhã diferenciados e concorridos. E eu sempre acabo recorrendo às receitas deliciosas da Ro, como esse bolo de maçã que é super fácil e rápido de fazer. E como eu gosto, viu! rs…

O segredo é escolher maçãs grandes (eu geralmente compro a Fuji) e misturar bem os ingredientes no liquidificador. E sempre há a possibilidade de algumas variações na receita, como trocar a maçã por banana, incluir nozes picadas na massa… eu adoro inventar! De uma forma ou de outra, esse bolo é sucesso certo!

Ingredientes

3 maçãs inteiras
3 ovos
1 colher de sobremesa de canela
2 xícaras de açúcar
2 xícaras de farinha de trigo (quem tem intolerância ao glúten, pode substituir por farinha de arroz ou mix de farinhas de mandioca, arroz, soja e milho)
1  ½ xícara de óleo
1 colher de sopa de fermento

Modo de preparo

1 – Bater no liquidificador as maçãs, os ovos, a canela, o açúcar e o óleo.

2 – Em uma vasilha, colocar a farinha, o fermento e misturar o que já foi batido no liquidificador.

3 – Colocar em uma fôrma (aquelas redondas, com furo no meio) untada e enfarinhada. Levar ao forno.

Eu decorei com açúcar e nozes, mas vale soltar a criatividade. No Natal, por exemplo, enfeitei com cerejas e ficou lindo!!!

E então, gostaram de mais essa receita deliciosa?! Depois contem se fizeram o bolo de maçã e se gostaram!

Um beijo,

Luciana

Estilo e organização caminham juntos!

 

Quem contrata os serviços de uma consultoria de estilo geralmente busca um guarda-roupa funcional, com peças coordenáveis entre si e muitas possibilidades de looks! Mas de nada adianta ter tudo isso se o closet não estiver organizado, ou seja, você precisa conseguir visualizar as peças facilmente e encontrar tudo o que precisa sem nenhuma dificuldade. Do contrário, corre-se o risco de ter algumas peças incríveis esquecidas em algum canto do seu armário!

Pensando nessa sinergia das atividades de consultoria de estilo e de organização, acabamos de fechar uma parceria super bacana com a Otimiza, uma empresa que presta serviços de organização de ambientes. E o post de hoje é especial para apresentar a vocês essa empresa parceira!

A missão da Otimiza é colocar tudo no seu devido lugar, utilizando técnicas de organização e objetos que facilitam nossa vida, nosso dia a dia! Pensando no closet, pode-se alinhar todos os cabides e organizar as peças por tipo e também pela cor, deixando tudo fácil, ao alcance dos olhos e das mãos.

Mas a Cintia Covre, responsável pela empresa, não foca apenas nas roupas e acessórios. Ela contou para a gente que a organização de uma casa (ou de uma empresa) precisa ser pensada nos mínimos detalhes. Desde o lugar certo para guardar as chaves até a organização de fotos, livros ou mesmo dos utensílios de cozinha! No final do trabalho, a diferença é enorme! E não porque sua casa já não estivesse organizada, mas porque organização com método é muito mais eficiente e gera um resultado fantástico na otimização do nosso tempo, principalmente – porque no final das contas, quem não quer ter mais tempo livre para fazer o que gosta, o que lhe dá prazer?

O resultado final é ter o controle da sua vida. Menos estresse, porque você vai perder menos tempo procurando suas coisas, vai conseguir se arrumar mais rapidamente e melhor!

Importante dizer o motivo que nos levou a fechar a parceria com a Otimiza, escolhendo-a entre tantas outras opções no segmento de organização. Primeiro, para indicar uma empresa para nossos clientes, precisamos confiar plenamente nela. A Otimiza é empresa formal, que segue procedimentos detalhados para a realização dos serviços, prazo final estipulado, orçamento fechado e ainda presenteia os clientes com um brinde exclusivo. Tudo perfeitamente organizado!

Para saber mais, o site da empresa é www.otimizadesign.com.br e o blog, www.otimizadesign.blogspot.com. O blog tem dicas ótimas, vale aquela visitinha diária!

Um beijo,

Luciana e Maria Roberta

Para inspirar: Camilla Belle

 

Camilla Belle é uma das atrizes norte-americanas que o Immagine Blog mais admira – no quesito estilo, principalmente! Ela sempre capricha nos looks e adora conferir um ar “glamour-retrô” às produções, principalmente em festas badaladas. Os cabelos também estão sempre impecavelmente arrumados!

 

 

 

 

 

E então, o que acharam dos looks?! Ah, para quem não sabe, a Camilla é filha de uma brasileira!

 

Um beijo,

 

Luciana e Maria Roberta

 

Saia longa – todas as mulheres podem usar!

Um dos hits deste inverno, a saia longa ainda não é unanimidade entre as mulheres. Algumas alegam que são baixinhas, outras que estão um pouco acima do peso e não acham que o modelo ficaria bacana. Mas a boa notícia é que todas as mulheres podem usar maxissaias! É preciso apenas escolher o modelo certo (são muitas modelagens, tecidos, cores e estampas!) e saber equilibrar as proporções. Eu adoro! Que tal experimentar?!

Para as mulheres altas e magras, qualquer modelo de saia longa cai bem. Por isso elas podem apostar em composições um pouco mais ousadas, incluindo saia estampada e um pouco mais ajustada ao corpo. Pode ser usada com camisetas de corte básico, com a blusa para fora ou por dentro da saia, combinando com coletes, jaquetas mais curtinhas (para marcar a cintura) ou mesmo com um cardigã.

Mas as baixinhas também podem usar. Para não achatar a silhueta, é melhor optar por um modelo de cintura um pouco mais alta e combiná-lo com uma blusa no mesmo tom, para alongar. Evitar estampas grandes e saias muito amplas também é interessante. Optar por sapatos de salto também pode ajudar a alongar, sendo que a saia deve cobri-los totalmente.

Já se a ideia é disfarçar os quilinhos a mais, o ideal é justamente o contrário: optar por modelos um pouquinho mais largos. O segredo é não marcar o corpo! Aí você me pergunta: “Mas Roberta, e se eu estou um pouco acima do peso e sou baixinha?!” Neste caso, outra dica bacana é usar uma blusa mais soltinha por cima da saia de cintura alta. Para definir a cintura, um cinto mais fino ou uma camisa amarrada ou, ainda, uma blusa tipo cachecouer vai super bem. E se vai usar com casaco, opte por casacos mais curtos, que deixam a silhueta mais esguia.

Em qualquer um dos casos, os sapatos são super importantes para criar um look interessante e atual. Nada de sapatos sociais, ok?! O ideal é apostar nos clogs, anabelas, botas, sapatilhas ou mesmo rasteirinhas (para um visual mais descontraído). Outra opção é o oxford.

Vamos ver algumas fotos para inspirar?

Eu já aderi às saias longas, e vocês?!

Um beijo,

Maria Roberta