Dica de leitura

Final de semana passado a Lu devorou o novo livro da musa Constanza Pascolato, O Essencial e adorou.

Livro ótimo, com várias dicas interessantes de estilo, com lições que te auxiliam a  descobrir o que combina com seu tipo físico, como disfarçar os pontos fracos, montar um guarda-roupa versátil, ainda dicas de compras e muito mais.

o-essencial-costanza-pascolato-reedicao

O livro começa com a frase de Clarice Lispector: ” Não copie uma pessoa idela, copie você mesma.” O tempo todo Constança enfatiza “respeite sua essência. Seja você mesma. É o jeito mais inteligente de construir seu estilo, sua maneira de viver e de se vestir.E você vai ver: estilo é fundamental para a autoestima.”

Gostou da dica?

Boa leitura e bom final de semana.

Beijo,

Lu e Ro

 

 

Anúncios

Novidade no mercado

Na semana passada fomos ao lançamento da Revista Trailer, um evento super elegante e badalado que aconteceu na Casa Fasano.

A Revista terá três edições por ano, trazendo as tendências para lojas multi marcas. Será uma ótima ferramenta para compradores de varejo  entenderem o que acontece no cenário nacional.

Trailer

No evento além de conhecer a Trailer, fomos presenteadas com uma nova marca de esmalte no mercado, a Beautylab da Beauty’in. É hipoalergênico com colágeno, que fortalece as unhas. O difícil foi escolher uma cor, são 30 cores lindas. Além do esmalte tem uma base fortalecedora e extra brilho 3D.

Escolha da Lu, cor 204, Oscar Red

Escolha da Lu, cor 204, Oscar Red

Vale provar, o Beautylab tem ótima fixação e é super fino.

Gostaram das novidades?

Beijos,

Lu e Ro

Vários looks com um vestido longo!

Muitas vezes a gente compra um vestido e usamos de um único jeito e sempre com a mesma cara. Por isso resolvemos fotografar esse meu vestido da FARM plissado – o cinto marrom veio junto com o vestido! Comprei na coleção do último inverno e confesso para vocês que ainda não usei muiiiito, mas olha como ele pode ser versátil e, dependendo dos acessórios, ficar com outra cara. Fizemos alguns looks para dar ideias para vocês:

O vestido com um cinto colorido e rasteira, bem casual.

 

Mudei o cinto, a bolsa e acrescentei um casaquinho de lurex Zara (usei este look no evento da Shoulder/ Doma)

 

Para deixar o vestido mais "poderoso", um casaquinho de paetê Top Shop acompanhado por um salto, uma cluch e uma corrente dourada como cinto ( não dá para ver direito.. desculpa, mas estamos ainda aprendendo fotografar)

Para um look mais quentinho, acrescentei um cashmere da Banana Republic, cinto amarelo e sapatilha vermelha. Tirei a cara de vestido para deixar com cara de saia longa

Com uma camiseta dourada Lilla Ka, uma corrente comprida e nos pés, uma rasteira, deixando o look despojado

 

A partir de uma peça, conseguimos cinco looks diferentes.

Beijo,

Roberta

Transparente na medida certa

Há tempos a transparência é destaque nas passarelas, editoriais de moda, sites de street style e, claro, nas vitrines.  Usada na medida certa, confere um ar de leveza e até de romantismo ao visual. Mas como apostar nesta tendência sem passar uma mensagem exageradamente sexy?

À noite as chances de errar são menores e é sempre possível ousar um pouco mais. Já no dia a dia, produções despojadas e em cores mais neutras e claras ajudam a evitar o exagero. Quando a transparência está em blusas e camisas, por exemplo, o ideal é apostar em modelos que dão um efeito de transparência velada ou trabalhar com sobreposições. Pode-se usar por baixo da peça um top da mesma cor da transparência ou em cor contrastante.  Decotes exagerados, assim como barriga e costas à mostra, devem ser evitados.

Se a transparência está na saia, o ideal é que esta peça seja o destaque da produção. A blusa deve ser mais comportada, sem decotes e transparências. Mas cuidado para não mostrar demais. É sempre interessante que a transparência tenha início abaixo do quadril, com uma boa folga para não restringir os movimentos. No caso de vestidos, aposte em transparência nos detalhes. De maneira geral, a transparência fica muito interessante nas mangas, alças ou mesmo na barra de saias e vestidos.

Atenção: no ambiente profissional, peças transparentes não são indicadas. O mesmo vale para jantares profissionais, happy hour da empresa, etc.

Vejam alguns looks que separamos:

Eu prefiro usar transparência nos detalhes, e vocês?

Um beijo,

Luciana

Aposte no laranja

Esse é o verão das cores vibrantes. Com essa onda color blocking, temos visto muito azul Klein, pink…  Mas se tem um tom que dominou as passarelas e já está se tornando o queridinho desta estação, certamente é o laranja. Nos principais editoriais de moda e sites de street style, é possível ver desde um look total orange até nuances desta cor nos detalhes do visual.

Para quem gosta de ousar um pouco mais, é possível combinar laranja com rosa, laranja com verde, laranja com azul… No melhor estilo Yves Saint Laurent. Para looks mais discretos, a melhor aposta é combinar com tons neutros, como nude e camelo. Laranja com preto também fica interessante.

 

 

 

 

 

Qual o look preferido de vocês?! Eu confesso que essa combinação de laranja e verde me conquistou!

Um beijo,

Luciana

Como escolher o blazer ideal

 

Já falamos por aqui algumas vezes sobre a invasão das peças masculinas no guarda-roupa feminino. Falamos sobre camisas, calças de alfaiataria… Mas faltou um item que ganha cada vez mais destaque: o blazer. E existem peças de todas as cores, tamanhos, tecidos e modelagens. Por isso a tarefa de escolher o blazer ideal não é mais tão simples como no início do século 20, quando ele começou a ganhar espaço entre nós, mulheres.  Para ajudá-las nesta tarefa deliciosa (porque todas nós adoramos comprar roupas novas que tenham caimento perfeito, não é, meninas? rs), o Immagine Blog preparou algumas dicas:

  • Como é uma peça atemporal procure peças com tecido e corte de qualidade.
  • Preste atenção no forro, ele não deve ficar aparente. Isso só acontece quando a peça é mal cortada ou quando há um erro de costura.
  • Ao experimentar a peça, verifique se veste bem. Ou seja, os ombros não podem ficar nem maiores nem menores que os seus, assim como é importante conseguir fazer movimentos com os braços sem se sentir presa. Preste atenção também no comprimento das mangas.
  • A peça pode ser acinturada, nas nem por isso deve ser justa.
  • Quem tem ombros largos deve evitar peças com muitos detalhes nos ombros, além de lapelas grandes, que chamem muito a atenção.
  • Já quem tem os ombros arredondados pode optar por modelos com uma ombreira pequena e discreta.
  • Agora uma dica para as mulheres de quadris largos: se o blazer for de cor clara ou textura, opte por modelos mais curtos e acinturados. Se preferir blazers mais longos, use sempre no mesmo tom da calça ou em tom parecido, para alongar a silhueta. Evite modelos com bolsos!
  • E sabem qual o modelo ideal para afinar a silhueta? Blazer acinturado de um ou dois botões, com lapela de tamanho médio, sem bolsos ou muitos detalhes.

 

Agora algumas fotos para inspirar na hora das combinações:

 

 

 

 

 

Para finalizar, um vídeo da revista Marie Claire mostrando quatro maneiras de usar um blazer. O vídeo é de 2010, mas vale a pena, pois as dicas são ótimas.

 

 

 

Um beijo,

Luciana

A hora e a vez dos vestidos longos

Há tempos os vestidos longos deixaram de ser exclusividade do ambiente noturno e invadiram também nosso dia a dia. Peças com o comprimento mais alongado chegaram aos poucos, ganhando espaço coleção após coleção, até reinarem absolutas neste verão.  Arrisco dizer que boa parte desse sucesso se deve à versatilidade dos maxivestidos, que podem compor desde os looks mais básicos aos mais ousados.

Mas aí vocês me perguntam: “Roberta, mas esse tipo de roupa não favorece apenas às mulheres mais altas?” Não. Assim como a saia longa, o vestido é uma dessas peças super democráticas. Pode ser usado por todas as mulheres, desde que observados alguns cuidados básicos de acordo com o biotipo.

  • As mulheres altas e magras podem abusar deste modelo, que invade as vitrinas nas mais variadas cores e estampas. O floral está super em alta!
  • Modelos mais ajustados e com a cintura marcada também são uma boa aposta para quem está com tudo em cima.
  • As mais baixinhas também podem usar, mas é melhor usar com salto. Quem optar por usar com sapatos baixos deve escolher vestidos com recortes, linhas verticais ou  peças monocromáticas para alongar a silhueta.
  •  E se a ideia é alongar, é indicado evitar as estampas horizontais ou localizadas. Vestidos com duas cores também achatam, já que cortam a silhueta na divisão dos tons.
  •  Para o dia a dia, cores como branco, preto, marinho, cinza e nude são coringas. E para incrementar o visual, acrescente cor nos acessórios, coloque colete de renda ou um bolerinho de tricô.
  •  Como o tempo geralmente nos prega peças (principalmente aqui em São Paulo), é sempre interessante ter uma jaqueta jeans ou casaquinho de tricô para acompanhar as produções mais descontraídas.

Agora, os tradicionais looks para inspirar:

Eu estou apaixonada pelas peças mais longas, e vocês? Esses vestidos têm despontado como os queridinhos das celebridades! Quem quiser saber como usar maxissaias sem errar, pode ler este post.

Um beijo,

Maria Roberta


Mix de Pulseiras

As pulseiras são o acessório da vez. Já no verão passado nos acostumamos a ver as pessoas usando nos braços um mix dos mais variados modelos,  cores e estilos. E essa tendência continua forte para as próximas estações.

E a pergunta que fica é: como misturar pulseiras e criar um efeito moderno e lindo?

O segredo é mesclar cores e estilos de um modo harmônico e estiloso. Não é preciso que as pulseiras sejam do mesmo material e nem do mesmo tamanho. Misture metal, macramê, couro, pulseiras antigas…. e variados tamanhos.

A dica que damos é: se você é do tipo mignon, dê preferência às pulseiras mais delicadas e proporcionais ao seu biotipo. Deixe de lado as argolas largas e grandes. Já quem é do tipo físico triângulo, ou seja, com quadril proporcionalmente maior que ombros, deve optar por pulseiras de cores mais discretas, de tamanho médio ou várias peças pequenas. Não exagere na quantidade e tamanho das pulseiras, certo?

Entre em sintonia com seu tipo físico e estilo, deixe a criatividade aflorar….

Um beijo,

Luciana

Decote na cintura!

Quem acompanha as tendências internacionais de moda certamente já percebeu que o decote mudou de lugar: foi parar na cintura! Se há algum tempo alguém dissesse que a moda seria essa, certamente as reações seriam as mais diversas. Vulgar? Gosto duvidoso? Sexy demais? Pois não é nada disso o que temos visto nos tapetes vermelhos! Os waist cutouts (decotes na cintura) têm aparecido acompanhados de muito glamour e sofisticação. Mas eu tenho que dizer: é muito fácil errar com um modelo com fenda na cintura.

De maneira geral, essa tendência é mais indicada para as mulheres que estão com tudo em cima. Isso porque a cintura fica em evidência e, dependendo do modelo (os mais justos), o quadril também ganha destaque. As mulheres que estão um pouco acima do peso devem evitar essa tendência. E para não correr o risco de deixar a produção sexy demais, o ideal é optar por cortes discretos. Nada de exagero.

Um erro bastante comum é usar waist cutouts acompanhado de decote no colo e/ou uma fenda grande nas pernas. Se optar decote na cintura, deixe-o reinar absoluto. É interessante para garantir um look mais sofisticado e elegante. Mas se você tem pouco busco, é permitido usar decote no colo mais os recortes na lateral da cintura sem que o resultado final fique exageradamente sexy.

Fotos para inspirar:

Um beijo,

Maria Roberta

Espadrille, a sandália hit do verão 2012!

Se você quer investir em um calçado que seja a cara do verão 2012, eu diria para investir em uma Espadrille!  Mas, afinal, o que é uma Espadrille (ou Espadrilha)?! Apesar do nome francês, esse sapato surgiu na Espanha, na década de 30. E Yves Saint Laurent foi o responsável por aumentar o tamanho do solado e deixar o sapato mais feminino, isso nos anos 60. Mas apenas uma década depois virou febre.

É um sapato leve, feito de lona ou algodão, com uma sola de borracha coberta por uma corda de juta. Pode ser sem salto, com uma plataforma ou um salto anabella. Algumas ainda carregam os laços de amarrar na perna ou mesmo uma tira no tornozelo, para garantir mais sustentação e ainda mais graça ao modelo.

E como a moda é cíclica, o Espadrille voltou com força neste verão. Essa sandália pode ser usada com vestidos, shorts, saias ou mesmo calças mais curtas. O look fica bem leve, com a cara da estação. Confira algumas dicas para apostar neste modelo sem errar:

  • Se sua batata da perna for grossa, ao escolher o modelo de amarrar você vai chamar mais atenção para esta parte do seu corpo. Prefira modelos sem esse recurso.
  • Para não dar contraste e diminuir a silhueta, opte por modelos cor da pele.
  • Esse sapato é mais informal. Opte por ele para compor looks mais casuais, para os finais de semana. No ambiente corporativo não é a melhor opção.

Agora que tal algumas fotos para inspirar!? Espadrilles com salto e sem salto; com amarração e sem amarração!

Eu estou apaixonada por Espadrilles! E vocês, já tem a sua sandália hit deste verão?!

Um beijo,

Maria Roberta