Sempre o brilho dos paetês

O paetê é mais uma dessas tendências que chegou para ficar. Veio ganhando espaço aos poucos nas últimas estações e, neste verão, chegou com tudo! E esqueça essa história de que brilho é permitido apenas à noite.  O preconceito acaba quando os pequenos apliques são bem dosados em looks com peças neutras. Brilhar sim, mas não em excesso.

Numa produção do dia a dia, o paetê pode vir numa blusinha, que casa bem com jeans ou até mesmo com uma calça, bermuda ou short de alfaiataria. O segredo é equilibrar o look, ou seja, apostou em um colete em paetê? Então combine com outras peças mais básicas. Assim, a atenção estará toda voltada para o colete, que é a peça-chave da produção.

Para o verão, pode vir em blusinhas, coletes levinhos, vestidos ou saias – os dois últimos, usados principalmente à noite. As cores mais vistas são dourado, prata e o bom e velho preto. Para quem ainda tem um pouco de receio em apostar nesta tendência, o ideal é começar com peças que tragam o brilho em detalhes. Acessórios, desde bolsa a sapatos, também podem receber paetês e são uma boa pedida para quem deseja começar devagar.

Seja qual for sua aposta, tenha sempre em mente que paetê chama atenção – mesmo! As mulheres com quadris largos devem deixar essa tendência para as peças usadas na parte superior do corpo, como blusas, casacos e coletes. Já para as mulheres com muito busto, o ideal é apostar em uma peça mais básica em cima e usar paetês na parte inferior do corpo. Se você deseja disfarçar os quilinhos a maios, um vestido em paetês não é a melhor opção. E para as mulheres com tudo em cima, que desejam apostar em um vestido ou saia + blusa em paetê, a dica é dosar com acessórios neutros.

 

Quem já se rendeu ao brilho dos paetês?

Beijo,

Anúncios

Romântico e em alta: bordado!

Que o bordado valoriza o guarda-roupa, ninguém duvida. Se bem empregado na construção de um look, pode criar uma imagem original, sofisticada e muito elegante. Tendência forte para este verão, o bordado é visto aplicado em blusas, saias, vestidos, casacos e afins. Marcas como Fashion East, Louis Vuitton, Antonio Berardi, Chanel e Roberto Cavalli apostaram em peças super trabalhadas, repletas de aplicações, bordados, paetês, pedrarias e até mesmo pérolas, conseguindo um resultado cheio de atitude. Pelo que vimos das tendências inverno 2012 e verão 2012 no hemisfério norte, essa moda não vai embora tão cedo.

Para não errar, a dica é apostar no bordado em detalhes como mangas, golas ou barras. Deixar o bordado ser o destaque do look também é interessante. A ideia é apostar em um look mais clean, sem informações que possam conflitar.

 

 

 

 

 

 

Essa tendência de bordado feito à mão casa super bem com os acessórios, que podem, inclusive, transformar até mesmo os looks mais básicos. A Chanel investiu forte nessa onda e trouxe bolsas lindas para esta coleção.

 

 

 

A dica é realmente não exagerar. Detalhes artesanais são lindos, mas em excesso podem gerar um look com informação demais.

Um beijo,

Lu

Transparente na medida certa

Há tempos a transparência é destaque nas passarelas, editoriais de moda, sites de street style e, claro, nas vitrines.  Usada na medida certa, confere um ar de leveza e até de romantismo ao visual. Mas como apostar nesta tendência sem passar uma mensagem exageradamente sexy?

À noite as chances de errar são menores e é sempre possível ousar um pouco mais. Já no dia a dia, produções despojadas e em cores mais neutras e claras ajudam a evitar o exagero. Quando a transparência está em blusas e camisas, por exemplo, o ideal é apostar em modelos que dão um efeito de transparência velada ou trabalhar com sobreposições. Pode-se usar por baixo da peça um top da mesma cor da transparência ou em cor contrastante.  Decotes exagerados, assim como barriga e costas à mostra, devem ser evitados.

Se a transparência está na saia, o ideal é que esta peça seja o destaque da produção. A blusa deve ser mais comportada, sem decotes e transparências. Mas cuidado para não mostrar demais. É sempre interessante que a transparência tenha início abaixo do quadril, com uma boa folga para não restringir os movimentos. No caso de vestidos, aposte em transparência nos detalhes. De maneira geral, a transparência fica muito interessante nas mangas, alças ou mesmo na barra de saias e vestidos.

Atenção: no ambiente profissional, peças transparentes não são indicadas. O mesmo vale para jantares profissionais, happy hour da empresa, etc.

Vejam alguns looks que separamos:

Eu prefiro usar transparência nos detalhes, e vocês?

Um beijo,

Luciana

O Brasil está na moda

Cores vibrantes, estampas tropicais, artesanato… Pois é. O Brasil nunca esteve tão em alta quanto neste verão. O que vimos nas principais passarelas já desponta como tendência nas vitrines e nas ruas. Looks alegres e cheios de vida dão um toque todo especial a essa estação com DNA bem brasileiro. São peças de muito estilo, bom gosto e que fogem do óbvio quando o assunto é brasilidade.

Fauna

Não é de hoje que animal print está em alta. Mas neste verão as estampas de animais ganham outra roupagem. Araras, Tucanos e outras espécies tipicamente brasileiras aparecem em tamanho grande e roubam a cena.

As araras de Pedro Lourenço

 

Mocassim com estampa de tucanos, de Francesca Giobbi

 

Flora

A natureza é fonte de inspiração para muitas marcas. Seja nas cores, estampas, tecidos ou mesmo modelagens. O verde das matas e cor predominante da nossa bandeira está por todos os lados, assim como as estampas de folhagem e florestas.

Andrea Degreas apostou na tendência “Made in Brazil”

 

Saia longa Alcaçuz

 

Artesanato

Bordado, renda, tricô, crochê, tecidos pintados a mão… O trabalho artesanal brasileiro que faz tanto sucesso no exterior finalmente ganhou merecido espaço no nosso país, dando um toque super feminino e diferenciado para até mesmo para as peças mais simples.

Maria Bonita apostou no bordado, herança dos nossos colonizadores portugueses

 

Vestido Maria Garcia

 

Essas são apenas algumas das tendências que destacam o melhor do nosso País.

Qual a preferida de vocês?

Beijo,

Maria Roberta

Dourado: o brilho da vez

Nas nossas andanças costumeiras pelos shoppings da cidade como personal shopper, não pudemos deixar de reparar que as vitrines foram invadidas por um brilho todo especial: o dourado. Também não é para menos. Ele foi protagonista dos principais desfiles de Milão, Paris, Londres e Nova York, indo desde Oscar de La Renta até Stella McCartney. Nós vimos as mais variadas combinações de tecidos e texturas. Vimos ainda uma extensa combinação de cores e, claro, o dourado total. Até mesmo a maquiagem em tons dourados está em alta. Um luxo só!

Mas embora esteja no topo das tendências, esse tom metalizado pede moderação. Na passarela pode tudo, mas no dia a dia é preciso respeitar nosso estilo, profissão e ambiente, principalmente no período diurno – sim, dourado durante o dia está liberado! Para não errar a mão, a dica é começar aos poucos, pelos detalhes do look e pelos acessórios. Invista em uma bolsa nesta cor ou mesmo em bijus. Mas se a ideia é levar o dourado para o guarda-roupa, evite peças muito volumosas (chamam mais atenção) e tente combinar a cor com outras peças mais neutras. O resultado é elegância pura! Outra dica para o dia é apostar nos tecidos dourado fosco, que chamam menos atenção.

Agora, se o evento for noturno e pedir um look cheio de glamour, pode abusar do dourado! Por que não?! Para saber garantir que a produção não ficou exagerada, confie no espelho. Ele será sempre seu melhor conselheiro.

Pois é, mais uma tendência que os fashionistas resgataram lá dos anos 70!

Quem é fã deste tom?

Um beijo,

Maria Roberta

A hora e a vez dos vestidos longos

Há tempos os vestidos longos deixaram de ser exclusividade do ambiente noturno e invadiram também nosso dia a dia. Peças com o comprimento mais alongado chegaram aos poucos, ganhando espaço coleção após coleção, até reinarem absolutas neste verão.  Arrisco dizer que boa parte desse sucesso se deve à versatilidade dos maxivestidos, que podem compor desde os looks mais básicos aos mais ousados.

Mas aí vocês me perguntam: “Roberta, mas esse tipo de roupa não favorece apenas às mulheres mais altas?” Não. Assim como a saia longa, o vestido é uma dessas peças super democráticas. Pode ser usado por todas as mulheres, desde que observados alguns cuidados básicos de acordo com o biotipo.

  • As mulheres altas e magras podem abusar deste modelo, que invade as vitrinas nas mais variadas cores e estampas. O floral está super em alta!
  • Modelos mais ajustados e com a cintura marcada também são uma boa aposta para quem está com tudo em cima.
  • As mais baixinhas também podem usar, mas é melhor usar com salto. Quem optar por usar com sapatos baixos deve escolher vestidos com recortes, linhas verticais ou  peças monocromáticas para alongar a silhueta.
  •  E se a ideia é alongar, é indicado evitar as estampas horizontais ou localizadas. Vestidos com duas cores também achatam, já que cortam a silhueta na divisão dos tons.
  •  Para o dia a dia, cores como branco, preto, marinho, cinza e nude são coringas. E para incrementar o visual, acrescente cor nos acessórios, coloque colete de renda ou um bolerinho de tricô.
  •  Como o tempo geralmente nos prega peças (principalmente aqui em São Paulo), é sempre interessante ter uma jaqueta jeans ou casaquinho de tricô para acompanhar as produções mais descontraídas.

Agora, os tradicionais looks para inspirar:

Eu estou apaixonada pelas peças mais longas, e vocês? Esses vestidos têm despontado como os queridinhos das celebridades! Quem quiser saber como usar maxissaias sem errar, pode ler este post.

Um beijo,

Maria Roberta


Ela está de volta: Paisley Print

 

Os anos 70 estão de volta às vitrines. E essa onda setentinha trouxe com ela as paisley prints. Símbolos do movimento hippie, essas estampas com motivos orientais reapareceram com muito estilo e glamour nas coleções de estilistas renomados como Chloe, Kenzo, Yves Saint Laurent e Reinaldo Lourenço. A Prada também investiu nesta tendência e foi umas das principais responsáveis pela paisley print invadir as passarelas mundo afora.

Essa estampa permite inúmeras combinações e pode aparecer nos detalhes ou invadir o look todo.  Vejam alguns looks inspiradores:

 

Eu amei saber que as paisley prints estão de volta, e vocês?

Um beijo,

Luciana

Espadrille, a sandália hit do verão 2012!

Se você quer investir em um calçado que seja a cara do verão 2012, eu diria para investir em uma Espadrille!  Mas, afinal, o que é uma Espadrille (ou Espadrilha)?! Apesar do nome francês, esse sapato surgiu na Espanha, na década de 30. E Yves Saint Laurent foi o responsável por aumentar o tamanho do solado e deixar o sapato mais feminino, isso nos anos 60. Mas apenas uma década depois virou febre.

É um sapato leve, feito de lona ou algodão, com uma sola de borracha coberta por uma corda de juta. Pode ser sem salto, com uma plataforma ou um salto anabella. Algumas ainda carregam os laços de amarrar na perna ou mesmo uma tira no tornozelo, para garantir mais sustentação e ainda mais graça ao modelo.

E como a moda é cíclica, o Espadrille voltou com força neste verão. Essa sandália pode ser usada com vestidos, shorts, saias ou mesmo calças mais curtas. O look fica bem leve, com a cara da estação. Confira algumas dicas para apostar neste modelo sem errar:

  • Se sua batata da perna for grossa, ao escolher o modelo de amarrar você vai chamar mais atenção para esta parte do seu corpo. Prefira modelos sem esse recurso.
  • Para não dar contraste e diminuir a silhueta, opte por modelos cor da pele.
  • Esse sapato é mais informal. Opte por ele para compor looks mais casuais, para os finais de semana. No ambiente corporativo não é a melhor opção.

Agora que tal algumas fotos para inspirar!? Espadrilles com salto e sem salto; com amarração e sem amarração!

Eu estou apaixonada por Espadrilles! E vocês, já tem a sua sandália hit deste verão?!

Um beijo,

Maria Roberta